CPLEC

Centro Espírita Cantinho de Paz, Luz, Esperança e Desde 1965Caridade

Mudança interior

Mudança interior

Estamos neste planeta para aprender, e um excelente e necessário aprendizado é a nossa mudança interior, precisamos cuidar das doenças da alma, não consideramos como “doenças” , mas elas são, e vão nos destruindo silenciosamente e quando percebemos o estrago está feito. Por isso a reflexão, a serenidade e a meditação nos ajuda a percebermos ou identificá-las Orgulho,Ódio,Vaidade,Arrogância,Vícios em jogos,sexo, drogas,Perfeccionismo, Inveja são alguns exemplos destas doenças da alma. As vezes, dependendo da “doença" a dificuldade é muito grande para alguns, mas o ponto de partida é começar a se amar, simplesmente Amar. É este amor incondicional que devemos ter para conosco, porque aquele que se ama, não vai querer fazer nada que o prejudique e assim estará pronto para começar a sua mudança. Comece a trabalhar uma por vez, se tem ódio de alguém perdoe, se tem inveja deseje que ele consiga realizar todos os desejos e sonhos, como você gostaria que fosse para você, se alguém faz algo que te irrita, o problema não está na pessoa e sim em você, que não consegue entender a situação. Perceba que a primeira pessoa a se prejudicar com estas “doenças da alma” somos nós, através de doenças físicas como Gastrointestinais, Sistema Nervoso, Sistema Cardíaco e outras mais. Por isso quando começamos a nos amar, mudamos o foco, o padrão, as energias e nossa vida muda para melhor. Na dúvida, tenha sempre Jesus como modelo.”




É possível realizar sua reforma íntima sem sofrimento? Compreende mais ou menos o que ela exige de você? Sim, porque há algumas exigências que você deve observar. Mas isso também não quer dizer que você terá que mudar tudo, começar tudo de novo. Afinal, estamos falando de reforma, não de construção. Não se trata de começar do zero, mas de aproveitar a base construída por você através de inúmeras reencarnações. Sobre esta base são efetuados alguns ajustes. Saem algumas partes, outras são acrescentadas.


Talvez nada seja tão imprescindível para a reforma íntima quanto o gosto de aprender, a aceitação de que somos aprendizes, que estamos aqui para aprender e que o aprendizado se oferece para nós todos os dias. Basta aceitá- lo, observá-lo e apreendê-lo. É preciso ter coragem para mudar conceitos, para se dar conta de que algumas opiniões que juntamos pelo caminho simplesmente não têm mais serventia, e devem ser abandonadas.


Dessa disposição para aprender surge a descoberta de que o principal foco de aprendizado é você mesmo. Você deve se conhecer. Você deve conhecer a si mesmo mais do que a qualquer coisa. Você é um universo a ser explorado. Suas emoções e sentimentos oferecem um riquíssimo e fascinante campo de pesquisa. Também aqui é preciso ser corajoso. Corajoso para enfrentar os aspectos mais sombrios de si mesmo. Enfrentar por meio de uma fria e detida observação, análise e avaliação. Mas sem julgamento, sem condenação.


Autor Morel Felipe Wilkon



matÉria