Centro Espírita Cantinho de Paz, Luz, Esperança e Desde 1965Caridade

Preces

Pai Nosso ( CPLEC )

Pai Nosso que estás em toda parte.
Que santificado seja o Teu nome Senhor, em louvor de todas as criaturas.
Que venha a nós o Teu Reino, de paz, de luz, de esperança e caridade.
Que seja feita, Senhor, a Tua Santa e Divina Vontade, assim na terra como nos círculos espirituais.
O pão do corpo e do espírito, dá-nos hoje, perdoa, Mestre, as nossas dívidas, ensinando-nos a perdoar aos nossos devedores, com esquecimento de todos males.
Não nos deixes Pai, cair na tentação de nossa própria inferioridade, pois somente em Ti e em Teu Reino, é que encontraremos, a verdadeira paz, a luz, a tranquilidade e o progresso para os nossos espíritos.

Amém!

Prece Hindú

"É maravilhoso Senhor, ter braços perfeitos, quando há tantos mutilados!
Meus olhos perfeitos, quando há tantos sem luz!
Minha voz que fala, quando tantos emudeceram!
Minhas mãos que trabalham, quando tantas mendigam!
É maravilhoso voltar para casa, quando tantos não têm para onde ir!
Amar, viver, sorrir, sonhar, quando há tantos que choram, odeiam, revolvem-se em pesadelos, morrem antes de nascer!
É maravilhoso ter um Deus para crer, quando há tantos que não têm o consolo de uma crença!
É maravilhoso, Senhor, sobretudo, ter tão pouco à pedir, tanto a agradecer.

Oferenda

Senhor, venho dar-Te a sorrir, toda a minha alegria! Minha imensa alegria! Minha felicidade, meu riso, meu amor. Senhor, todos vêm a Ti para chorar, para implorar, para suplicar de Ti, consolação, auxílio, bênçãos e perdão.
Eu não, Senhor. Eu venho para dar! Sobeja-me ventura. Transborda em minha vida, sol, fulgor, claridade, e meu sonho de amor e de beleza foi bem menor do que a realidade.
Eu venho para dar! Recebe em Tuas mãos, habituadas a receber preces, imprecações, lágrimas e desesperos, um ramo perfumado de lírios e de rosas, de cantos e sorrisos, de hosanas e de graças.
Toma de mim um pouco de ventura para dares a cada criatura que na vida não conheça a glória de ser feliz.
Tenho-a tanta meu Deus, que embora a tomes, fica-me farta messe para distribuir e para dar ainda. Quero gritar ao mundo que amo a vida, que é bela e boa, e forte e apetecida.
E que, mesmo que um dia, minha sorte se transforme de súbito, e o que é bom e alegre, a morte me arrebata das mãos com crueldade... eu bendirei a vida na saudade de um bem que tive, e que é tão grande, que há de iluminar mesmo a noite mais negra e mais profunda.
Senhor! Uma luz fulgurante os meus olhos inunda. Toma um pouco de luz e derrama-a sobre aquele que é cego de ventura, ou mau, ou pervertido. E deixa-me dizer-te com amor: Obrigada, Senhor, por ter nascido! Obrigada, Senhor.

Margarida Lopes de Almeida

Oração de Paz ( Prece de São Francisco de Assis )

Senhor!
Fazei de mim um instrumento de vossa Paz.
Onde haja ódio, consenti que semeie Amor.
Perdão onde haja injúria,
Fé onde haja dúvida,
Verdade onde haja mentira,
Esperança onde haja desespero,
Luz onde haja trevas,
União onde haja discórdia,
Alegria onde haja tristeza,
Saúde onde haja doença.

Ó meu Divino Mestre,
Permití que eu não procure tanto
Ser consolado quanto consolar,
Ser compreendido quanto compreender,
Ser amado quanto amar.
Porque é dando que recebemos,
Perdoando é que somos perdoados,
E é morrendo que nascemos para a vida eterna.

Prece de Cáritas ( Pelo Espírito de Cáritas )

Deus nosso Pai, que sois todo poder e bondade, dai forca àquele que passa pela provação; dai luz àquele que procura a verdade, pondo no coração do homem a compaixão e a caridade.
Deus dai ao viajor a estrela guia; ao aflito a consolação; ao doente o repouso. Pai, dai ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, a criança o guia, ao órfão o pai.
Senhor, que a vossa bondade se estenda sobre tudo que criastes. Piedade Senhor, para aqueles que não vos conhecem, esperança para aqueles que sofrem. Que a Vossa bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda parte a paz, a esperança e a fé.
Deus, um raio, uma faísca do Vosso amor pode abrasar a terra. Deixa-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita e todas as lágrimas secarão, todas as dores acalmar-se-ão. Um só coração, um só pensamento subirá até Vós como um grito de reconhecimento e amor.
Como Moisés sobre a montanha, nos Vós esperamos com os braços abertos, oh! Poder... Oh! Bondade... Oh! Beleza... Oh! Perfeição, e queremos de alguma sorte alcançar a Vossa misericórdia.
Deus, dai-nos a força de ajudar o progresso a fim de subirmos até Vós. Dai-nos a caridade pura; dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas, o espelho onde deve refletir a Vossa Santa e Misericordiosa imagem.

Prece do Anjo Ismael

Glória a Deus nas alturas, paz aos homens na Terra! Jesus, bom e amado Mestre, sustenta os teus humildes irmãos pecadores nas lutas deste mundo.
Anjo bendito do Senhor, abre para nós os teus compassivos braços; abriga-nos do mal, levanta os nossos espíritos à Majestade do teu reino, e infunde em todos os nossos sentidos a luz do teu imenso amor.
Jesus, pelo teu sublime sacrifício, pelos teus martírios na Cruz, dá, a esses que se acham ligados ao pesado fardo da matéria, orientação perfeita do caminho e da virtude, o único pelo qual podemos te encontrar.
Jesus, paz a eles, misericórdia aos nossos inimigos e recebe em teu seio bendito a prece dos últimos dos teus servos.
Bendita Estrela, Farol das imortais falanges, purifica-nos com teus raios divinos; lava-nos de todas as culpas, atrai-nos para junto do teu seio, santuário bendito de todos os amores.
Se o mundo com seus erros, paixões e ódios, alastra o caminho de espinhos, escurecendo o nosso horizonte com as trevas do pecado, rebrilha mais com Tua misericórdia, para que assegurado e apoiados no Teu Evangelho, possamos trilhar e vencer as escabrosidades do carreiro e chegar às moradas do teu reino.
Amiga Estrela, Farol dos pecadores e dos justos, abre Teu seio divino e recebe a nossa súplica pela Humanidade inteira.

Oração a Bezerra de Menezes

Nós Te rogamos Pai de Infinita Bondade e Justiça, as graças de Jesus Cristo, através de Bezerra de Menezes e suas legiões de companheiros.
Que eles nos assistam Senhor, consolando os aflitos, curando aqueles que se tornem merecedores, confortando aqueles que tiverem suas provas e expiações a passar, esclarecendo aos que desejarem conhecer a Verdade e assistindo a todos quantos apelam ao Teu Infinito Amor.
Jesus, Divino Portador da Graça e da Verdade, estende Tuas mãos dadivosas em socorro daqueles que Te reconhecem o Despenseiro Fiel e Prudente; faze-o, Divino Modelo, através de Tuas legiões consoladoras, de Teus Santos Espíritos, a fim de que a Fé se eleve, a Esperança aumente, a Bondade se expanda e o Amor triunfe sobre todas as coisas.
Bezerra de Menezes, Apóstolo do Bem e da Paz, amigo dos humildes e dos enfermos, movimenta as tuas falanges amigas em benefício daqueles que sofrem, sejam males físicos ou espirituais. Santos Espíritos, dignos obreiros do Senhor, derramem as graças e as curas sobre a humanidade sofredora, a fim de que as criaturas se tornem amigas da Paz e do Conhecimento, da Harmonia e do Perdão, semeando pelo mundo os Divinos Exemplos de Jesus Cristo.

Pegadas na Areia

Uma noite eu tive um sonho. Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e através do Céu, passavam cenas da minha vida.
Para cada cena que se passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia; Um era meu e o outro do Senhor.
Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida havia apenas um par de pegadas na areia.
Notei também, que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver.

Isso entristeceu-me deveras, e perguntei então ao Senhor.
“- Senhor, Tu me disseste que, uma vez que eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre comigo, todo o caminho, mas, notei que durante as maiores atribulações do meu viver havia na areia dos caminhos da vida, apenas um par de pegadas”. “Não compreendo porque nas horas que mais necessitava de Ti, Tu me deixastes.”

O Senhor me respondeu:
“- Meu precioso filho”. Eu te amo e jamais te deixaria nas horas da tua prova e do teu sofrimento. Quando vistes na areia, apenas um parde pegadas, foi exatamente aí que EU, nos braços... “Carreguei-te.”

Mensageiro Da Esperança

Quando estiveres triste, lembra-te de Mim!
Embora não me vejas, estou sempre perto de ti, buscando dar-te o que realmente contribui para tua felicidade.
Quando sentires cansaço e desânimo pensa em Mim... e repousa; lembra-te de Mim ... E o desalento passará.
Quando te sentires alegre e feliz, não te esqueças de Mim.
Estarei na claridade de teu rosto, no luzir dos teus olhos e no encantador fulgor do teu sorriso.
Quando sentires vontade de chorar, chora ... mas não deixes de pensar em Mim.
Amo-te sem reservas e o meu generoso amor tem o poder de enxugar o pranto e acalmar corações.
Quando te deitares e o sono fugir, pensa em Mim e o anjo da tranqüilidade virá embalar-te.
Enquanto dormires, as estrelas virão aclarar a tua noite ... e ouvirás a minha voz repassada de ternuras.
Estarei cantando saudosas canções enfeitando de rosas as paisagens dos teus sonhos.
De manhã, nos raios dourados do sol nascente, virei trazer-te os fluidos da alegria, o desejo de amar e de viver.
Eu sou o “Mensageiro da Esperança”, companheiro dos que amam e sofrem, amigo dos tristes, estrela guiadora dos barcos perdidos no mar encapelado da vida.
Contigo estarei, sempre. Todos os dias, todas as horas e todos os minutos; na tempestade e na bonança; na ventura e na dor.
“Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”.

Alma Gêmea

Alma gêmea de minha alma
Flor de luz de minha vida
Sublime estrela caída
Das belezas da amplidão.
Quando eu errava no mundo
Triste e só, no meu caminho,
Chegaste devagarinho,
E encheste-me o coração.
Vinhas na benção das flores
Da divina claridade,
Tecer-me a felicidade
Em sorrisos de esplendor!
És meu tesouro infinito.
Juro-te eterna aliança
Porque sou tua esperança,
Como és todo meu amor!
Alma gêmea de minha alma
Se eu te perder algum dia...
Da saudade nos seus véus...
Se um dia me abandonares
Luz terna dos meus amores,
Hei de esperar-te , entre as flores
Da claridade dos céus.

Emmanuel